Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Instituto Público

Um ponto de encontro de ideias.

Instituto Público

Um ponto de encontro de ideias.

Paris: o preço de sermos quem somos

 

Os atentados em Paris surpreendem o mais cínico dos observadores quanto à escala e são particularmente vis e abjectos devido à indiscriminação e aleatoriedade da violência. O facto de ocorrerem, no entanto, não pode surpreender ninguém. 

 

Já tinham sido ‘projectados’ e eram esperados antes. Os atentados de Beirute e Bagdade antes não surpreendem também, apenas chocam, tal como todos os que se antecederam.

 

Paris pagou o preço do estilo de vida e da liberdade que temos e da qual, espero, não abdicamos. Não alinho em quem associa os atentados às intervenções ocidentais no Médio Oriente - nada disso faz com que alguém perfeitamente anónimo morra às mãos de cobardes numa sala de espectáculos. Mas também não ignoro que o que leva tantos a esta demência começa pela revolta a essas mesmas intervenções. 

 

Paris doeu, doeu muito, mais pelo choque que significa. Haverá mais atentados, seguramente, e muitas mais tentativas. A resposta, a nossa resposta, tem de mostrar o quão superiores somos a isto. O ataque não é ao Bataclan, ou a Paris, mas ao que somos e ao que temos. A liberdade que temos, a maneira como a vivemos não podem ser beliscadas por ataque nenhum. Quando cedermos, o terror ganha. O terror não pode ganhar. O Ocidente tem de continuar a ser quem é: não cedemos, não recuamos na nossa cultura, no nosso estilo de vida, na liberdade de dizer e fazer o que queremos. Estamos com Paris como amanhã poderemos estar com Londres, Roma, ou com quem for atacado. O Ocidente não pode ceder, não pode ter medo. O que devemos fazer, ao invés, é sublinhar os valores de que nos orgulhamos: devemos acolher mais refugiados, e integrá-los devidamente; devemos manter-nos unidos e não responder com violência à violência. 

 

O Estado Islâmico quer asfixiar com um garrote de medo quem somos. Quebremo-lo e continuaremos a mostrar a estes monstros porque seremos sempre melhores que eles.

 

Facebook

Networked Blogs

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D